segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Receita de felicidade

Achei: 
Se eu ganhasse um prêmio na loteria certamente seria feliz e conseguiria viver bem realizando meus sonhos. Realizando aquilo que o dinheiro pode e não comprar.
Mas não preciso de milhões na conta para ser feliz. Posso conseguir a parte material com meu salário de professora e, quem sabe, com um segundo emprego. Minha felicidade está associada a eu poder realizar pequenos desejos, ter meu lar, com uma linda cozinha, uma varanda, uma grande cortina e um cachorrinho branco.
Um amor que preencha as lacunas deixadas pelo tempo.
A delicadeza dos afetos. A consideração. Sorrisos verdadeiros e gostosos. Chorar com um filme bonito. Nadar, fingindo ser sereia e batendo barbatanas imaginárias. 
Sentar, fechar os olhos e ser engolida pelo vento.
Rolar pela cama, fazendo manha para espantar a preguiça. Abrir os olhos e ver um par de pálpebras.
Poder acordar tarde num domingo, andar de meias pela casa e sentar, com uma xícara com café e leite, numa cadeira de balanço e apenas apreciar a manhã que caminha.
Nada disso é comprado.



Sempre disse que coisas simples me fazem feliz. 
Bem, é verdade.

1 comentários:

Anônimo disse...

Belo =)