sábado, 19 de julho de 2014

Curiosos

Achei: 
O envolvimento deles havia terminado e restou a amizade.
Meses depois, ele começou a namorar e ela se enlaçou novamente com um caso antigo. Todos estavam muito bem, obrigado.
Júlia se encaminhava para um noivado e sentia-se completa.
Augusto era feliz. Amava sua namorada e tinha a fidelidade como maior prova de amor a oferecer a alguém. Mas, vez ou outra, pensava na noite que, ele e Júlia, nunca tiveram.
Ele sempre se perguntava como seria uma noite com ela. O cheiro de seus cabelos dourados, o toque nos seus seios... Mas era tímido demais na época.
Ela, pensava nas mãos dele passeando por suas curvas, no calor de sua pele, de sua língua brincando com ela. Mas amava tanto seu quase noivo e, ainda que ultimamente as coisas não estivessem bem, "pular a cerca" nunca fora opção.
Mas ambos eram curiosos...
Certo dia, Augusto lhe lembrou daquele dia que eles "quase...". Ela riu, nervosamente.
Ele ousou perguntar se ela não tinha curiosidade em saber como teria sido... Uma noite juntos...
Gaguejou e respondeu que em algum momento, sim, mas tirara a ideia da cabeça. 
"Sou comprometida." "Eu também." disse ele. 
"Amo meu namorado." "Eu também amo a minha." 
"Nosso tempo já passou." e ele "Tem certeza?"

0 comentários: