segunda-feira, 26 de maio de 2014

Prática e perfeição

Achei: 
"Eu amo você!" Não.
"Eu... Amo... Você..." Não, muito misterioso. Melhorei a postura, olhei para o espelho e:
"EU AMO VOCÊ!!!!!" Eita! Definitivamente não.
"Por que é tão difícil pronunciar palavrinhas tão pequenas?" Pensei.
Mais uma vez "Só queria dizer que eu amo você."
"Amooo vocêêê."
"Simplesmente am..." Não!
"Te amo..."
"Eu te amo." Irk!
...
Nós encontramos pela noite, ele programou um encontro para nós dois.
Sentamos, e não conversamos muito. Ele logo puxou minha mão e a apertou forte. "É agora que ele vai dizer." Eu tinha ensaiando para falar antes, mas se ele queria dizer primeiro...
E, sem ensaios, disse "Clarissa, eu... Quero terminar."

2 comentários:

Anônimo disse...

alguns sentimentos ficam difíceis de expressar. não importa o quanto ame..

Anônimo disse...

alguns sentimentos ficam difíceis de expressar. não importa o quanto ame..