quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Sábana

Achei: 
Foi uma noite perturbadora. Agoniado pelo suor, sentia a raiva pulsar em cada veia.
Recordei das imagens...
Ela o abraçava. Ela ao seu lado. Ela segurando suas mãos. Ela, na imagem mais bonita que já vi sua, encostava sua cabeça na dele, oferecia um perfeito sorriso e a confirmação de uma noite agradável.
Fiz força para apagar, para desviar tais lembranças. “Águas passadas, não há mágoa. Tudo resolvido.” disse ela para mim. Mas porque ela exibe seu passado? Ela desconversou. “Não há motivos...”.
Me fez sentir infantil. O pior os homens. O mais autoritário.
Não se pode apagar o passado.” disse com certa doçura.
Sim. Mas pode encobri-lo.

0 comentários: