quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Definições

Achei: 

Parecia um desafio. Quatro olhos se observando. E ninguém queria ser o primeiro a dizer.
Mas os olhos pediam.
A mão dele passeava pelos cabelos dela. A mão dela procurava o calor da pele dele.
Era um dia frio. Incomum.
Os lábios, vez ou outra, se permitiam sentir o sabor do outro. As línguas brincavam.
Olhos nos olhos e nenhuma palavra.
Ela queria ouvir a promessa da certeza. Ele, ter certeza sobre ela. Poderia ele confiar em seu sorriso. Em olhos que pareciam perdidos? O que aconteceu?!
Ela aguardava. Deixara pistas e permitiu que borboletas se instalassem dentro dela. Poderiam até morrer lá, sufocadas ou com medo do desconhecido. Mas deixou um caminho, uma passagem... lhes deu liberdade.
Ele beijou sua testa, optou pela certeza do incerto e foi embora, deixando-a com o cheiro da sua pele e indefinições.

0 comentários: