terça-feira, 24 de julho de 2012

Esfinge

Achei: 
Dizem que o que não é tão óbvio pode despertar o interesse ou o desprezo, depende de como o enxergamos e pra onde canalizamos nossa visão.

Não pude dormir e senti vontade de te escrever...
Olho em teus olhos e engulo tua curiosidade.
Quero te decifrar...
Nem sei o porquê, mas sei que desejo entender o sossego de tuas palavras e o porquê de tantos “porquês”.
A vontade se intensifica e quero um pouquinho mais... um pouco mais do teu cheiro, um pouco mais da tua carne... Um pouco mais de cada pedacinho que te faz você.

0 comentários: