domingo, 29 de julho de 2012

Breve mudança

Achei: 
Eu tinha planos...
Só eu encaixava neles.
Pro-ta-go-nis-ta!
E aí...
Confusão.
Uma boba vontade de ver dentes.
De ver olhos.
Dizer um ''Aai'' bem baixinho...
De rir. Rir muito!
Como rio.
Não sei como agir com você.
Me perco...
Deixo seduzir por devaneios.
Acordo cheia de dentes e arrepios estranhos... quase esquecidos.
Quem é você?
Não sei o quanto quer ou o quanto ignora suas vontades.


Conte-me suas loucuras...
sexta-feira, 27 de julho de 2012

Malditas Borboletas!

Achei: 
   

Gosto muito de borboletas, gosto mesmo.
Acho-as lindas, delicadas, graciosas e transmitem para mim o sentimento de liberdade.
São leves e livres.
Não é por acaso que tenho uma tatuada em minhas costas.
Só não gosto delas brincando em meu estômago.
terça-feira, 24 de julho de 2012

Esfinge

Achei: 
Dizem que o que não é tão óbvio pode despertar o interesse ou o desprezo, depende de como o enxergamos e pra onde canalizamos nossa visão.

Não pude dormir e senti vontade de te escrever...
Olho em teus olhos e engulo tua curiosidade.
Quero te decifrar...
Nem sei o porquê, mas sei que desejo entender o sossego de tuas palavras e o porquê de tantos “porquês”.
A vontade se intensifica e quero um pouquinho mais... um pouco mais do teu cheiro, um pouco mais da tua carne... Um pouco mais de cada pedacinho que te faz você.