quinta-feira, 10 de novembro de 2011

"Porque é que esse romantismo não sai pra dar uma volta?"

Achei: 
Uma amiga soltou essa joia filosófica sobre o amor.
Claro que só poderia ser sobre isso. Problemas no trabalho, com os estudos, com dinheiro e até com vizinhos são resolvidos mais facilmente do que as pendências sentimentais.
Às vezes nem queremos ou procuramos estas complicações, mas, a vida nos empurra isso e não quer saber.
E às vezes gostaríamos de vivenciar um romance sem romantismo. Porque se apaixonar e construir ilusões demora, cansa e, quase sempre, dói demais.
terça-feira, 8 de novembro de 2011

Amnésia

Achei: 
Eu esqueci.
Acho que foi culpa do tempo... sim, certamente foi ele e não por escolha minha.
Já não lembro de como eram teus beijos, do perfume do teu suor ou do sabor da tua pele.
Tenho imagens, apenas imagens em minha cabeça. As sensações? Já as perdi.
Não posso te pedir para que, pelo amor de Deus, reviva meus sentidos e contorne as sombras apagadas. Há correntes em volta do teu pescoço alvo.
Então, cada vez mais, teus lábios se afastam lentamente e a maior recordação de ti será a de teus olhos.
Aqueles olhos grandes e castanhos em cima de mim, comendo cada pedacinho da minha alma.